skipnavigation

Viajantes corporativos descobrem que são mais produtivos devido a maiores opções de tecnologias

Amsterdã - 24 de Agosto de 2017

 

De acordo com o estudo CWT Connected Traveler, lançado pela Carlson Wagonlit Travel, viajantes corporativos têm utilizado mais dispositivos e se sentem mais produtivos quando estão em trânsito conduzindo negócios. A pesquisa, com mais de 1.900 viajantes corporativos identificou que os viajantes, em média, portam quatro tipos diferentes de tecnologias (telefones celulares, tablets, laptops, etc.), sendo seus smartphones a única “ferramenta de viagem que eles não podem viver sem”, uma vez que 80% dos viajantes globalmente utilizam seus telefones celulares para conduzir negócios.

 

 

Descobertas globais

Com a tecnologia, a maioria dos viajantes (88%) acredita que viajar é mais fácil para navegar hoje. Isso levou uma maioria significativa de viajantes (78%) a buscar oportunidades para viajarem a trabalho e quase a mesma quantidade considera viagens corporativas estimulantes (72%). Os viajantes de hoje são experientes e utilizam este conhecimento para planejarem suas viagens. Mais da metade dos pesquisados (55%) confia em experiências anteriores de viagem enquanto planejam suas próximas jornadas, além de verificarem websites de hotéis (54%) e de companhias aéreas (50%). Aplicativos de companhias aéreas e de hotéis compõem a maior parte do uso de aplicativos por viajantes (45%), enquanto aplicativos de mapas também fazem parte da usabilidade massiva (41%).

 

“O viajante corporativo pode ser muito mais produtivo que há cinco anos graças à tecnologia”, disse Simon Nowroz, Chief Marketing Officer da Carlson Wagonlit Travel. “Pense nos avanços, quando um viajante corporativo costumava ter muito tempo ocioso entre um voo, taxi e hotel. Hoje, eles podem permanecer logados e trabalhar durante o voo ou onde quer que estejam. Com o aparecimento dos tablets, bem como de inúmeros aplicativos, os viajantes não se sentem fora de alcance (incomunicáveis) em suas jornadas corporativas”.

 

De acordo com o estudo, relações de trabalho e produtividade são fortalecidas em viagens de negócios. Aproximadamente 9 entre 10 viajantes corporativos (86%) disseram que as viagens os ajudaram a construir novos conhecimentos e perspectivas, enquanto 80% disse que viagens a negócios aumentam sua produtividade. Além disso, mais de 9 em cada 10 (93%) dizem que os benefícios das viagens superam os pontos negativos quando se trata de construir e manter relacionamentos de trabalho, enquanto que cerca de 8 entre 10 (77%) dizem o mesmo sobre suas vidas pessoais.

 

Viajantes corporativos possuem, porém, duas áreas principais com as quais se preocupam.

 

Mais da metade dos viajantes (67%) diz que acredita que as viagens estão mais seguras hoje. Todavia, cerca de 46% ainda se preocupa com sua segurança. Isso levou mais viajantes (68%) a, “muitas vezes ou sempre”, adquirirem seguros viagem. Viajantes corporativos também possuem dificuldade em manter rotinas e bem-estar. Mais da metade dos viajantes (54%) diz que seus exercícios e hábitos saudáveis são interrompidos quando estão em viagem.

 

De acordo com o estudo, para que os viajantes se conectem com colegas de trabalho e familiars, eles frequentemente utilizam diferentes métodos. Com família ou amigos, os viajantes optam por ligações telefônicas (44%), Skype (24%) e mensagens de texto (17%) como seus métodos favoritos de comunicação. Todavia, eles se comunicam de maneira diferente com colegas de trabalho: via e-mail (44%), ligações telefônicas (24%) e mensagens de texto (14%).

 

Diferenças regionais

Houve similaridades para as Américas, EMEA e APAC. Todavia, viajantes da Ásia Pacífico (APAC) se sentiram mais em controle (84%) ao poderem gerenciar suas responsabilidades em comparação com as Américas (76%) e viajantes de Europa, Oriente Médio e África (EMEA) (73%). Viajantes da APAC (53%) também se mostraram mais favoráveis a dizer que viagens requerem tempo distante de outros trabalhos, gerando maior volume de trabalho a seus colegas.

 

Quando se trata de relacionamentos pessoais, cerca de um quarto dos viajantes das Américas sente que as viagens impactaram seus relacionamentos com cônjuges (27%), acima das quantidades apresentadas por EMEA e APAC (22%). Esta é possivelmente a razão na qual viajantes nas Américas tentaram mais veemente permanecer conectados com familiares (50%) em comparação com viajantes da APAC (31%) e EMEA (27%). Viajantes da APAC se mostraram mais dispostos a perder eventos importantes – com mais de 50% tendo perdido ao menos dois eventos sociais ou ocasiões nos últimos 12 meses, em comparação com os viajantes da EMEA (44%) ou das Américas (42%).

 

“Há muitas variáveis que podem fazer de uma viagem de negócios um sucesso ou um fracasso aos olhos do viajante”, disse Nowroz. “Quanto mais facilitamos a organização ao viajante, mais o ajudamos a extrair uma melhor experiência de suas viagens”.

 

Veja o infográfico

 

Sobre a pesquisa

O “CWT Connected Traveler Study” foi criado pela Carlson Wagonlit Travel e conduzido pelo Artemis Strategy Group de 30 de Março a 24 de Abril de 2017. Os dados da pesquisa foram coletados com mais de 1.900 viajantes corporativos entre as idades de 25 a 65 das Américas (Brasil, Canadá, Chile, México e Estados Unidos); Europa, Oriente Médio e África (França, Alemanha, Itália, Espanha, Suécia e Reino Unido); e Ásia Pacífico (Austrália, China, Índia, Japão e Cingapura). Para participar do estudo, os viajantes corporativos necessitavam ter feito mais de quatro viagens corporativas nos últimos 12 meses. O propósito deste estudo é compreender como os viajantes se mantiveram conectados a seu trabalho e sua casa, enquanto estavam em viagem.

 

Sobre a Carlson Wagonlit Travel

Empresas e governos confiam na Carlson Wagonlit Travel para manter seus colaboradores conectados. Oferecemos aos viajantes uma excelente experiência de viagens, combinando tecnologia inovadora com a nossa vasta experiência. Todos os dias cuidamos de quantidade suficiente de viajantes para acomodar cerca de 200 Boeing 747s, 100.000 quatros de hotel e comandar 95 eventos corporativos. Contamos com mais de 18.000 colaboradores em mais de 150 países, e em 2016 obtivemos um volume total de transações de US$ 23 bilhões.

 

Siga nossas redes sociais: Twitter @CWTBrasilFacebook e Linkedin.

 

Sobre o Artemis Strategy Group

O Artemis Strategy Group (Artemissg.com) é uma empresa de pesquisas de comunicação especializada em posicionamento de marca, thought leadership e problemas com políticas.

 

Contatos de Mídia:

 

Chris Reese

Director, Global and Americas Corporate Communications

T: 1 763 614 1773 / M: 1 651 357 0877

chris.reese@carlsonwagonlit.com

 

Taylor Aaron

Manager, Global and Americas Corporate Communications

T: 1 763 614 3648 / M : 1 612 244 9420

taylor.aaron@carlsonwagonlit.com